Mãe de um dos assassinos diz que bullying fez filho parar de estudar

Por: Veja/abril

Mulher não quis se identificar, mas afirmou que Guilherme Taucci era um ‘ótimo filho’ e não tinha motivo para cometer o massacre em Suzano

A mãe de Guilherme Taucci, de 17 anos, um dos assassinos responsáveis pelo massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, afirmou que o filho sofria bullying e esta foi a causa para ele largar os estudos.

Em rápido relato ao programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, ela, que não quis se identificar, disse que não entende as razões que poderiam ter motivado o ato do filho, mesmo ciente dos problemas que o adolescente passou na escola. A mulher elogiou o comportamento do jovem: “Era um ótimo filho. Uma criança tranquila”.

Publicado por Conect News AM

Professores licenciado em matemática, especialista em mídias para a educação e gestão escolar. Trabalha como repórter da Grupo Rede Amazônica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: