SEXTA FEIRA 13 EM MANACAPURU: IRMÃO MATA IRMÃO E FILHO MORRE AO TENTAR DEFENDER O PAI

IRMÃO MATA IRMÃO AO ATIRAR EM DESAFETO DA VITIMA


Marcelo Cativa da Silva, 29, foi preso pela policia Militar, acusado de ter matado com um tiro de revolver, o próprio irmão durante uma briga em que Yuri Costa, 19, brigava com um desafeto identificado por Railson de Jesus.
O crime ocorreu no bairro Novo Manacá, próximo a escola municipal do bairro. De acordo com o Boletin de ocorrência, Marcelo estava na companhia do irmão quando encontraram como Railson, desafeto do mais novo, os dois jovens entraram em luta corporal, foi aí que Marcelo puxou uma arma de fogo e atirou no intuito de acertar Railson, mas findou por atingir na cabeça o próprio irmão. De acordo com a polícia, o suspeito ainda atirou outras duas vezes acertando a perna e as costas de Railson.
Railson foi levado para o Hospital de Manacapuru e Marcelo preso e confessou o crime e disse ter atirado no irmão por engano, mas negou ter atirado na segunda vítima. O corpo de Yuri foi levado para o Necrotério do Cemitério São Francisco Xavier de onde seguiu para o Instituto Médico Legal (IML). O caso segue sob investigação na Delegacia Interativa de Manacapuru.

FILHO MORRE AO TENTAR PROTEGER PAI

O crime ocorreu na zona rural entre os municipios de Manacapuru e Manaquiri. Segundo boletin de ocorrência registrado na delegacia do Manaquiri, um homem de 37 anos foi assassinado a tiros e o pai da vítima também ficou ferido. A polícia afirma que o caso é tratado como latrocínio.

Três himens chegaram até o flutuante da vítima com uma arma de fogo que. Segundo a polícia, a intenção era atingir o pai da vítima. O filho, ao perceber, ficou na frente do pai e morreu no local.

Após o crime, o trio  que não foi identificado, fugiu com a canoa da vítima
Ferido, o pai da vítima foi encaminhado para uma unidade hospitalar da capital amazonense. Não há informações sobre o estado de saúde dele. O corpo do filho foi encaminhado  ao Instituto Médico de Legal e passará pelos procedimentos cabíveis.
A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) deve investigar o caso para identificar os suspeitos.

Publicado por Conect News AM

Professores licenciado em matemática, especialista em mídias para a educação e gestão escolar. Trabalha como repórter da Grupo Rede Amazônica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: