TÁ NA CADEIA O JACK DA MOTO PRETA DE MANACAPURU 

Imagens de câmeras  de segurança adquiridas pela polícia Cívil e informações de pessoas que reconheceram a moto usada para levar a adolescente até o local onde ela foi estuprada,  ajudaram a desvendar o caso, 15 horas após o crime.

As informações levaram a policia até o proprietário da moto, que também já tinha conhecimento do fato e procurou uma conselheira tutelar para identificar o autor do crime. Um homem de 32 anos que trabalhava em sua moto por aluguel.

Ernane Afonso de Queiroz, 32 anos, natural de Rondonia, foi o autor do crime. O Homem que confessou  o crime, morava em um apartamento alugado, localizado na Av Padre Rafael, Centro de Manacapuru, com a mulher e dois filhos de sua companheira.

O acusado tem passagens pela polícia na Capital de Rondônia por crime de roubo e Maria da Penha. À reportagem de Notícias@.com, o acusado disse que tinha usado drogas, o que o motivou a cimeter o crime.

Depois do crime ele entregou a moto ao proprietário e foi pra casa onde morava. O equipamento que ele usava durante o crime, como calça, blusa e bota, foram jogados por ele próximo ao local do crime. Na casa onde foi preso a policia localizou apenas o colete de moto taxi.

Publicidade

O Crime

UMA AÇÃO RÁPIDA DA POLÍCIA CIVIL COM APOIO DO CONSELHO TUTELAR AJUDOU A IDENTIFICAR O AUTOR DO CRIME

Na manhã desta quarta-feira, 20/03, uma adolescente de 15 anos, foi vítima de estupro quando seguia em um moto taxi pra ir a escola.  A aluna da escola Militar MPM Jamill Sefair, localizada próxima a entrada da cidade, decidiu pegar um mototaxi para leva-la do Bairro São José até a escola. Segundo a adolescente, ao chegar próximo  a Bola do Cirandeiro, o homem que conduzia a moto, disse que ia fazer o retorno na bola e a deixaria em frente a escola, chegando no retorno ele passou direto, seguiu pela Manuel Urbano e só fez o retorno nas proximidades do Bairro Morada Sol, só que ao invés de seguir até a escola, ele dobrou a direita e levou a menina para um terreno Baldio, localizado em uma rua  do Bairro Monte Cristo, onde segundo a vítima, ele a estuprou.

“Ele me ameaçava de morte e disse que ia me deixar ali mesmo. Foi quando ele tirou toda a roupa e fez a maldade, ai pedi pra ele não me matar e me levar de volta que eu não contaria pra ninguém”.

Após o crime o ‘estuprador de colete’ pegou a vítima e a levou de moto até às proximidases da escola, onde era pra ele ter deixado a jovem desde o início da viagem.

Após o fato a adolescente andou até a escola, onde procurou ajuda e relatou o fato. O Conselho Tutelar foi acionado e o caso foi registrado na Delegacia Especializada de Manacapuru. 

Segundo a vítima o bandido,  que se fazia passar por moto taxi, estava em uma moto preta, é alto, magro e de cor parda, além do colete ele usava por baixo, uma camisa laranja e preta de manga comprida. Ela não soube revelar a fisionomia do estuprador porque ele estava de capacete.

A adolescente passou por exames que comprovaram o estupro. A policia investiga o caso para identificar o “Jack da Moto Preta”.

A policia investiga o caso e imagens de câmera de segurança que estavam no trajeto dos dois estam sendo conseguidas pela policia para tentar identificar o Jack da Moto Preta. 

Publicado por Conect News AM

Professores licenciado em matemática, especialista em mídias para a educação e gestão escolar. Trabalha como repórter da Grupo Rede Amazônica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: