NOVOS CASOS DE HIV, SÍFILIS E HEPATITES, DESENCADEIAM AÇÕES DE COMBATE ÀS ISTs EM MANACAPURU-AM

A identificação de novos casos de Infecções Sexualmente Transmissíveis, e o período pós carnaval, desencadearam em Manacapuru, ações de combate às ISTs.

No primeiro trimestre deste ano, a identificação de 10 novos casos de sifiles, 5 de hepatite e 5 de HIV, chamaram atenção das autoridades de saúde do munícipio que desencadearam ações de imunização do público alvo.

__________________________________

Publicidade

Conquiste sua Casa Própria em Manacapuru

LIGUE AGORA

EDSON FERREIRA
(92) 99426-2122/98801-3665

Segundo a enfermeira Jomara Neves, a campanha visa fazer buscas ao público alvo e imunizar. “Durante todo esse mês nós estamos indo aos locais onde podemos encontrar os grupos de maior risco de contaminação e estamos fazendo os exames de diagnóstico rápido e a imunização através da vacina.

Um dos grupos de risco imunizado foram os presos da delegacia de Manacapuru, no local todos foram vacinados contra as ISTs. A delegacia que tem capacidade para 18 detentos,abriga hoje 47 presos,entre eles 6 mulheres. A superlotação torna os encarcerado, população de risco às ISTs.

O chefe da carceragem Raimundo Dimas falou da importância da imunização dos detentos. “Muito importante essa parceria com a secretaria de saúde do munícipio, para a imunização dos presos aqui da delegacia, como eles ficam confinados em celas coletivas o contato entre eĺe é maior e aumenta o risco de contaminação e transmissão de alguma doenças”, destacou.

Valéria Nogueira, coordenadora do Centro de testagem e aconselhamento das IST/HIV/ Hepatites Virais, destaca a importância do tratamento precoce das infecções. “Todas as ISTs, tem tratamento e até cura, mas devem ser cuidadas no início da manifestação dos sintomas, caso contrário aumenta o risco de causar maiores danos ao paciente; a campanha é realizada também nesse período, porque estamos há pouco mais de um mês do carnaval, período onde algumas pessoas não se prevêem e se tornam público alvo das Infecções Sexualmente Transmissíveis e somente agora os sintomas começam a aparecer, o que requer identificação imediata e tratamento”, comentou.

Nesta terça-feira as Unidades Básicas de saúde de Manacapuru realizaram o dia D de combate às ISTs.

Números das ISTs em Manacapuru 2018/19

IST – Infecção Sexualmente Transmissível

2018 2019

Sifiles – 62 10
HIV 26 /360 5/365
Hepatite 151 7

Publicado por Conect News AM

Professores licenciado em matemática, especialista em mídias para a educação e gestão escolar. Trabalha como repórter da Grupo Rede Amazônica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: