Charge de Donald Trump leva cartunista a demissão

Fonte: Jovem Pan

O cartunista canadense Michael de Adder foi demitido depois de fazer um desenho do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, jogando golfe ao lado dos corpos dos dois imigrantes mortos. No desenho, ele coloca o presidente norte-americano ao lado de uma reprodução que fez da foto de Oscar Alberto Martinez Ramirez e sua filha de 2 anos, Valeria, que morreram afogados ao tentarem cruzar a fronteirado México com os Estados Unidos.

Em sua charge, De Adder, que durante 17 anos teve um contrato com a empresa Brunswick News Inc. (BNI), do Canadá, desenhou Trump de pé, segurando um taco de golfe e olhando para os corpos dos afogados. O presidente questiona: “Importam-se que eu continue o jogo?”

Em poucas horas, o desenho tomou as redes sociais e, momentos depois da viralização, o cartunista recebeu a mensagem de que havia perdido seu contrato com todos os jornais da BNI.
“Nas últimas duas semanas fiz três caricaturas de Trump. Duas se tornaram ‘virais’ e a terceira ‘estourou’, um dia depois me demitiram”, disse em sua conta no Twitter.

Ele disse que mesmo que seus desenhos que já estavam feitos não foram utilizados pelos Telegraph-Journal e sua edição em Saint John; o Times & Transcript, e o Daily Gleaner. “E não só finalizaram o meu contrato, mas também não usaram as caricaturas que já tinham em mãos. Da noite para o dia, foi como se eu nunca tivesse trabalhado para o jornal. Tirem suas próprias conclusões”, escreveu o desenhista.

Em resposta, a empresa afirmou que “é totalmente incorreto sugerir” que o contrato de De Adder foi cancelado devido à mencionada caricatura de Trump. “Essa é uma versão falsa que surgiu de forma irresponsável nas redes sociais”, alegou a BNI, que acrescentou que a demissão do cartunista se deve ao retorno de outro chargista à companhia.

O presidente da Associação Canadense de Caricaturistas, Wes Tyrell, disse em sua página no Facebook que a BNI deu por encerrado o contrato com De Adder porque Trump é um “tema tabu” para a companhia e seu proprietário, o multimilionário James Irving

*Com informações da Agência EFE

Publicado por Conect News AM

Professores licenciado em matemática, especialista em mídias para a educação e gestão escolar. Trabalha como repórter da Grupo Rede Amazônica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: