COARI: A METRÓPOLE DA CORRUPÇÃO, PEDOFILIA, DERRESPEITO AO POVO E ÀS LEIS QUE DELE EMANA

Notícias@.com #opinião

Segundo munícipio do Estado em arrecadação, perdendo apenas para Manaus, o município de Coari, que recebe em media 25 milhões mensais de hoyalts do petróleo explorado em seu território, é hoje um dos maiores exemplos de práticas criminosas e retrogradas da democracia na República Brasileira.

Há mais de uma década o munícipio de Coari, localizado no médio rio Solimões, é administrado pelo antigo regime dos “Coronéis de Barranco”, que até a década de 80 governavam cidades amazonenses, pelo nome, situação financeira, ou vontade do coronel local de cada região. Pessoa que obtiam o apoio popular por ‘amor’ dos mais próximos e ‘força’ contra o ódio dos opositores.

Hoje a cidade vai mais além, administrações municipais ligadas ao maior líder político local, Adail Pinheiro, preso em 2014 por liderar uma rede de pedofilia no município, se mantêm no cargo garantindo o ‘Poder’ e mantendo as mesmas práticas de corrupção, já representadas na justiça contra os ‘Adail Pinheiro’ Pai e Filho.

Hoje a cidade que poderia ser exemplo de metrópole, passa por abandono e enfrenta um mar de corrupção. A prova é tanta que Coari mais um vez é palco de ações do Ministério Público, contra crimes praticados na administração pública, supostamente pela cúpula de ‘Pinheiros’ que segundo o MP orquestra um conjunto de fraudes e corrupção contra o município.

Hoje Coari não tem prefeito porque Adail Filho está preso, não tem vice porque a eleita Maiara, irmã do prefeito, se elegeu deputada, apesar de ser investigada também no mesmo pacote de corrupção. Não tem presidente da Câmara porque o eleito, que é primo do prefeito preso, está preso pela mesma operação.

Hoje a cidade é administrada pelo abandono, descaso com a indicação popular e tamanho desmando, mas quanto a isso a prefeitura tem uma justificativa.

Abre aspas – “A Prefeitura de Coari informa que a administração do município está sendo exercido pela Procuradora Geral do Município Laura Macedo Coelho.
Laura é advogada, formada pela UFAM, mestranda em direito.”

O descaso não é só contra o Povo, mas também contra as leis que regem a democracia brasileira. Em uma analogia Baré, pode-se dizer que a corrupção no município é igual sua maior riqueza, o petróleo. “Existe em grande abundância, está escondido, mas diariamente flui e em grande quantidade.

Publicado por Conect News AM

Professores licenciado em matemática, especialista em mídias para a educação e gestão escolar. Trabalha como repórter da Grupo Rede Amazônica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: