Números da covid 19

FVS-AM registra mais 396 casos de Covid-19 no estado

O Amazonas diagnosticou 396 casos do novo coronavírus, nesta segunda-feira (01/06), totalizando 41.774 casos confirmados no estado, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). 

De acordo com o boletim divulgado, foram confirmados por exame laboratorial mais 19 óbitos pela doença, todos ocorridos nas últimas 24 horas, elevando para 2.071 o total de mortes. Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus deste domingo (31/05), foram registrados 45 sepultamentos, nove óbitos domiciliares e uma cremação.
O boletim aponta que 5.783 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão em isolamento social ou domiciliar. Outras 33.443 pessoas já passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença.

Internações – Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 477 pacientes internados, sendo 294 em leitos clínicos (28 na rede privada e 266 na rede pública) e 183 em UTI (64 na rede privada e 119 na rede pública).
Há ainda outros 448 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 309 estão em leitos clínicos (68 na rede privada e 241 na rede pública) e 139 estão em UTI (33 na rede privada e 106 na rede pública).

Notificação – A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas de informação: e-SUS notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL). Em Manaus, foram notificados 48.232 casos, enquanto no interior do estado o número chega a 42.772.

Ocupação de leitos – De acordo com números consolidados pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam) neste domingo (31/05), a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era 69% e a taxa de UTI não-Covid era de 60%.
Em relação aos leitos clínicos Covid, a taxa de ocupação estava em 41% neste domingo, já os leitos não-Covid registravam 49% de ocupação.

Municípios – Dos 41.774 casos confirmados no Amazonas até esta segunda-feira (01/06), 18.367 são de Manaus (43,97%) e 23.085 do interior do estado (56,03%).
Além da capital, 59 municípios têm casos confirmados: Manacapuru (2.400); Coari (2.009); Tefé (1.837); São Gabriel da Cachoeira (1.819); Parintins (1.318), Tabatinga (902); Benjamin Constant (833); Itacoatiara (817); Santo Antônio do Içá (714); Maués (691); Careiro Castanho (677); Iranduba (656); Autazes (560); Rio Preto da Eva (526); Barcelos (469); Presidente Figueiredo (454); São Paulo de Olivença (433); Boca do Acre (407); Tapauá (382); Anori (360); Itapiranga (345); Amaturá (309); Barreirinha (299); Tonantins (268); Fonte Boa (264); Beruri (257); Alvarães (254); Borba (246); Carauari (243); Urucará (213); Novo Aripuanã (187), Anamã (187), Eirunepé (158), Novo Airão (143), Urucurituba (139), Silves (132), Manaquiri (130), Uarini (130), Jutaí (119), Japurá (114), Nova Olinda do Norte (110); São Sebastião do Uatumã (95); Maraã (91); Caapiranga (85); Humaitá (69), Boa Vista do Ramos (69), Manicoré (60), Nhamundá (56), Codajás (56), Careiro da Várzea (51), Lábrea (51), Guajará (42), Juruá (41), Santa Isabel do Rio Negro (39), Canutama (29), Apuí (27), Atalaia do Norte (16), Pauini (15) e Itamarati (4).

Envira e Ipixuna são os únicos municípios do Amazonas sem casos confirmados de Covid-19. As duas cidades registraram apenas casos notificados, que são os casos suspeitos para a doença. São 11 casos notificados em Envira e 17 em Ipixuna. As notificações são realizadas pelas vigilâncias epidemiológicas dos municípios, por meio de sistema de informação de saúde, e informadas para a FVS-AM, que consolida os dados. Os casos notificados são confirmados ou descartados, futuramente, por exame laboratorial ou testes rápidos.

Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.371 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus.

Ao todo, 50 municípios do interior com óbitos confirmados até o momento, em um total de 700. A lis inclui Manacapuru (93); Parintins (58); Tabatinga (57); Tefé (56); Coari (55); Itacoatiara (45); Maués (29); Iranduba (23); Benjamin Constant (23); Autazes (22); São Gabriel da Cachoeira (21); Presidente Figueiredo (16); Barcelos (16); Santo Antônio do Içá (14); Careiro Castanho (13); Borba (13); Tonantins (12); São Paulo de Olivença (11); Rio Preto da Eva (11); Jutaí (10); Fonte Boa (9); Alvarães (9); Nova Olinda do Norte (8); Amaturá (8);  Boca do Acre (6); Novo Aripuanã (6); Manaquiri (6); Beruri (5); Novo Airão (5); Itapiranga (4); Silves (4); Anori (4);  Tapauá (3); Barreirinha (3); Carauari (2); Urucará (2); Urucurituba (2); Caapiranga (2); Boa Vista do Ramos (2); Manicoré (2); Nhamundá (2); Maraã (1); São Sebastião do Uatumã (1); Careiro da Várzea (1); Codajás (1); Humaitá (1); Guajará (1); Santa Isabel do Rio Negro (1); e Atalaia do Norte (1).

Outros 333 óbitos estão em investigação epidemiológica e 186 foram descartados para o novo coronavírus.
Mais informações podem ser encontradas nos sites http://www.coronavirus.amazonas.am.gov.br e http://www.saude.am.gov.br/painel/corona.

Xxxxxxxxxxxxxxx

Amazonas registra 930 novos casos de Covid-19 nesta terça-feira (30/06), informa FVS

O Amazonas diagnosticou mais 930 casos de Covid-19 nesta terça-feira (30/06), sendo dez casos confirmados por exame de biologia molecular RT-PCR, que detecta casos novos que estão entre o terceiro e o sexto dia de sintomas da doença, e 920 por testes rápidos, com data de sintomas entre oito e 60 dias, totalizando 70.823 casos confirmados do novo coronavírus no estado, segundo boletim epidemiológico consolidado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

Ainda segundo o boletim, foram confirmados mais 31 óbitos pela doença, dos quais seis ocorridos nas últimas 24 horas, e outros 25 que tiveram confirmação diagnóstica na data de hoje, elevando para 2.823 o total de mortes. Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus desta segunda-feira (29/06), foram registrados 38 sepultamentos, sendo três óbitos domiciliares.

Ao todo, 57.616 pessoas já passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença. O boletim aponta ainda que 10.384 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, ou seja, são casos confirmados nos últimos 14 dias, que se encontram internados ou em isolamento domiciliar.

Internações – Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 290 pacientes internados, sendo 190 em leitos clínicos (13 na rede privada e 177 na rede pública) e 100 em UTI (26 na rede privada e 74 na rede pública).

Há ainda outros 165 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 121 estão em leitos clínicos (22 na rede privada e 99 na rede pública) e 44 estão em UTI (14 na rede privada e 30 na rede pública).

Ocupação de leitos – Conforme os números consolidados pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam) nesta segunda-feira (29/06), a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era de 55%, e a taxa de UTI não Covid era de 65%.

Em relação aos leitos clínicos Covid, a taxa de ocupação estava em 33% nesta segunda; já os leitos não Covid registravam 73% de ocupação.

Notificação – A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas: e-SUS Notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), até as 10h de cada dia. Em Manaus, foram notificados 75.138 casos, enquanto no interior do estado o número chega a 86.964.

As notificações são realizadas pelas vigilâncias epidemiológicas dos municípios, por meio de sistema de informação de saúde, e repassadas para a FVS-AM, que consolida os dados. Os casos notificados são confirmados ou descartados, futuramente, por exame laboratorial ou testes rápidos.

Nesta edição, nove municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados deste boletim. Envira é o único município do Amazonas sem casos confirmados de Covid-19.

Municípios – Dos 70.823 casos confirmados no Amazonas até esta terça-feira (30/06), 27.169 são de Manaus (38,36%) e 43.654 do interior do estado (61,64%).

Além da capital, 60 municípios têm casos confirmados: Coari (3.767); Manacapuru (3.134); Tefé (2.784); São Gabriel da Cachoeira (2.703); Parintins (2.550); Itacoatiara (1.478); Benjamin Constant (1.458);  Tabatinga (1.417); Iranduba (1.224); Presidente Figueiredo (1069); Santo Antônio do Içá (1000); Maués (987); Autazes (965); Alvarães (964); Careiro Castanho (922); Barcelos (907); Humaitá (767); Tapauá (677); Rio Preto da Eva (651); São Paulo de Olivença (651); Boca do Acre (627); Barreirinha (613); Anori (566); Fonte Boa (564); Lábrea (519);  Itapiranga (514); Carauari (513); Uarini (509); Atalaia do Norte (509); Nova Olinda do Norte (496); Pauini (474); Eirunepé (466);  Tonantins (463); Borba (446); Beruri (431); Guajará (430); Amaturá (415); Novo Aripuanã (410); Urucurituba (401); Urucará (364); Itamarati (329); Santa Isabel do Rio Negro (299); Anamã (292); Japurá (269); Manaquiri (266);  Jutaí (260); Juruá (230); São Sebastião do Uatumã (230); Manicoré (218); Novo Airão (215); Boa Vista do Ramos (214); Maraã (205); Silves (161); Nhamundá (153); Caapiranga (148); Codajás (147); Canutama (89); Careiro da Várzea (78); Apuí (42) e Ipixuna (4).

Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.790 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus.

No interior, são 55 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 1.033. A lista inclui Manacapuru (125); Coari (84); Tefé (79); Parintins (78); Tabatinga (74); Itacoatiara (53); São Gabriel da Cachoeira (44); Iranduba (41); Maués (31); Autazes (27); Benjamin Constant (27); Barcelos (22); Presidente Figueiredo (20); Nova Olinda do Norte (20);  Santo Antônio do Içá (19); São Paulo de Olivença (18); Humaitá (18); Borba (18); Fonte Boa (16); Tonantins (14); Jutaí (14); Careiro Castanho (13), Rio Preto da Eva (13), Alvarães (13); Manaquiri (12); Anori (10); Boca do Acre (10); Novo Aripuanã (9); Amaturá (8); Barreirinha (7); Lábrea (7); Beruri (6); Carauari (6); Uarini (6); Itapiranga (6); Novo Airão (6); Nhamundá (5); Urucará (5); Santa Isabel do Rio Negro (5); Silves (4); Careiro da Várzea (4); Manicoré (4); Caapiranga (4); Urucurituba (4); Tapauá (3); Codajás (3); Maraã (3); Pauini (3); Atalaia do Norte (2); Boa Vista do Ramos (2); Itamarati (2); Guajará (1); Japurá (1); São Sebastião do Uatumã (1).

Outros 108 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão sendo acompanhados. Dentre estes, 89 estão em investigação epidemiológica, e 19 aguardando resultado laboratorial. Ao todo, 434 notificações foram descartadas para o novo coronavírus.

Mais informações podem ser encontradas nos sites http://www.coronavirus.amazonas.am.gov.br e http://www.saude.am.gov.br/painel/corona.

Xxxxxxxxxxxxx

Amazonas registra 84.866 pessoas recuperadas da Covid-19

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) divulga, nesta quinta-feira (30/07), a edição nº 120 do Boletim Diário Covid-19. Nesta edição, o boletim confirma a recuperação de mais 648 amazonenses, nas últimas 24 horas, chegando a 84.866 pessoas que passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença.

Foram confirmados mais 1.047 casos da doença no Amazonas, nesta edição do boletim. Destes, 45 casos foram confirmados por exame de biologia molecular RT-PCR, que identifica o vírus no organismo e detecta casos novos agudos entre o terceiro e o sexto dia de sintomas, período de transmissão da doença. Os outros 1.002 foram confirmados por testes rápidos que detectam os anticorpos, com data de oito a 60 dias ou mais das primeiras manifestações da Covid-19.

Conforme o boletim, foram confirmados mais seis óbitos pela doença, dois ocorridos nas últimas 24 horas e quatro que tiveram confirmação diagnóstica na data de hoje, elevando para 3.252 o total de mortes. Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus desta quarta-feira (29/07), foram registrados 37 sepultamentos, cinco óbitos domiciliares e uma cremação.

O boletim aponta ainda que 12.022 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, ou seja, são casos confirmados nos últimos 14 dias, que se encontram internados ou em isolamento domiciliar.

Internações – Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 254 pacientes internados, sendo 166 em leitos clínicos (11 na rede privada e 155 na rede pública) e 88 em UTI (18 na rede privada e 70 na rede pública).

Há ainda outros 87 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 61 estão em leitos clínicos (19 na rede privada e 42 na rede pública) e 26 estão em UTI (19 na rede privada e 7 na rede pública).

Ocupação de leitos- Conforme os números consolidados pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), nesta quarta (29/07), a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era de 73%. Em relação aos leitos clínicos Covid, a taxa de ocupação estava em 55% nesta quarta.

O aumento na taxa de ocupação de leitos Covid é reflexo do reordenamento da rede da Susam. Com a queda das internações no atual cenário da pandemia do novo coronavírus, os leitos destinados a pacientes com Covid-19, nas unidades de porta aberta, estão gradativamente retornando aos atendimentos de pacientes com outras enfermidades.

Notificação – A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas: e-SUS Notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), até às 10h de cada dia. Em Manaus, foram notificados 102.245 casos, enquanto no interior do estado o número chega a 131.857.

As notificações são realizadas pelas vigilâncias epidemiológicas dos municípios, por meio de sistema de informação de saúde, e repassadas para a FVS-AM, que consolida os dados. Os casos notificados são confirmados ou descartados, futuramente, por exame laboratorial ou testes rápidos.

Nesta edição, oito municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim, são eles: Alvarães, Benjamin Constant, Borba, Guajará, Juruá, Novo Aripuanã, Pauini e Tonantins.

Municípios – Dos 100.140 casos confirmados no Amazonas até esta quinta-feira (30/07), 35.269 são de Manaus (35,22%) e 64.871 do interior do estado (64,78%).

Além da capital, 61 municípios têm casos confirmados: Coari (6.725); Parintins (3.383); Manacapuru (3.377); São Gabriel da Cachoeira (3.321); Tefé (3.181); Humaitá (2.211); Barcelos (2.106); Itacoatiara (1.964); Presidente Figueiredo (1.822); Tabatinga (1.665); Iranduba (1.596); Santa Isabel do Rio Negro (1.590); Lábrea (1.541); Benjamin Constant (1.523); Eirunepé (1.325); Maués (1.176); Autazes (1.151); Alvarães (1.136); Careiro (1.094); Santo Antônio do Içá (1.084); São Paulo de Olivença (1.033); Pauini (937);Tapauá (899); Boca do Acre (866); Manicoré (839); Carauari (829); Rio Preto da Eva (794); Atalaia do Norte (761); Guajará (759); Barreirinha (754); Nova Olinda do Norte (747); Fonte Boa (728); Anori (709); Borba (654); Novo Aripuanã (651); Urucurituba (647); Uarini (619); Itapiranga (555); Tonantins (548); Beruri (545); Ipixuna (521); Itamarati (507); Amaturá (506); Anamã (487); Nhamundá (487); Urucará (472); São Sebastião do Uatumã (444); Manaquiri (426); Juruá (403); Japurá (369); Maraã (366); Jutaí (315); Boa Vista do Ramos (291); Novo Airão (252); Canutama (239); Caapiranga (230); Silves (209); Codajás (186); Careiro da Várzea (130); Apuí (102) e Envira (84).

Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 2.003 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus.

No interior, são 56 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 1.249. A lista inclui Manacapuru (135); Parintins (98); Coari (95); Tefé (82); Tabatinga (78); Itacoatiara (60); Humaitá (60);  São Gabriel da Cachoeira (49); Iranduba (46); Benjamin Constant (35);  Autazes (35); Maués (32); Barcelos (24); Nova Olinda do Norte (22); Borba (22); São Paulo de Olivença (22); Presidente Figueiredo (20); Santo Antônio do Içá (20); Fonte Boa (18); Manicoré (18); Lábrea (18); Jutaí (16); Careiro (16); Rio Preto da Eva (15); Tonantins (14); Alvarães (13); Manaquiri (12); Santa Isabel do Rio Negro (12);  Anori (11); Boca do Acre (11); Novo Aripuanã (10); Barreirinha (9); Uarini (9); Guajará (9); Amaturá (8); Nhamundá (8);  Beruri (7); Carauari (7); Itapiranga (6); Novo Airão (6); Urucará (6); Tapauá (5); Juruá (5); Silves (5); Careiro da Várzea (4); Caapiranga (4); Pauini (4); Atalaia do Norte (4); Urucurituba (4); Maraã (4); Itamarati (4); Eirunepé (4); Codajás (3); Boa Vista do Ramos (2); São Sebastião do Uatumã (2); Japurá (1). Permanecem sem óbitos registrados: Anamã, Apuí, Canutama, Ipixuna e Envira.

Outros 31 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão sendo acompanhados. Dentre estes, 24 estão em investigação epidemiológica e sete aguardam resultado laboratorial. Ao todo, 521 foram descartados para o novo coronavírus. Informações adicionais podem ser encontradas nos sites http://www.coronavirus.amazonas.am.gov.br e http://www.saude.am.gov.br/painel/corona.

Xxxxxxxxxxxxxxx

Sobe para 72.928 número de pessoas recuperadas da Covid-19 no AM, nesta quarta (15/07)

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) divulga, nesta quarta-feira (15/07), a edição nº 105 do Boletim Diário Covid-19 no Amazonas. Nesta edição, o boletim confirma a recuperação de mais 970 amazonenses, nas últimas 24 horas, chegando a 72.928 pessoas que passaram  período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença.

Nesta edição, o Amazonas tem a confirmação de mais 1.144 casos da doença, sendo três casos foram confirmados por exame de biologia molecular RT-PCR, que identifica o vírus no organismo e detecta casos novos agudos entre o terceiro e o sexto dia de sintomas, período de transmissão da doença. Os outros 1.141 foram confirmados por testes rápidos que detectam os anticorpos, com data de oito a 60 dias ou mais das primeiras manifestações da Covid-19.

Conforme o boletim, foram confirmados mais 16 óbitos pela doença, dos quais quatro ocorridos nas últimas 24 horas e 12 que tiveram confirmação diagnóstica na data de hoje, elevando para 3.080 o total de mortes. Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus desta terça-feira (13/07), foram registrados 30 sepultamentos e cinco óbitos domiciliares.

O boletim aponta ainda que 10.936 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, ou seja, são casos confirmados nos últimos 14 dias, que se encontram internados ou em isolamento domiciliar.

Internações – Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 249 pacientes internados, sendo 179 em leitos clínicos (12 na rede privada e 167 na rede pública) e 70 em UTI (15 na rede privada e 55 na rede pública).

Há ainda outros 104 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 72 estão em leitos clínicos (29 na rede privada e 43 na rede pública) e 32 estão em UTI (15 na rede privada e 17 na rede pública).

Notificação – A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas: e-SUS Notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), até às 10h de cada dia. Em Manaus, foram notificados 87.381 casos, enquanto no interior do estado o número chega a 110.883.

As notificações são realizadas pelas vigilâncias epidemiológicas dos municípios, por meio de sistema de informação de saúde, e repassadas para a FVS-AM, que consolida os dados. Os casos notificados são confirmados ou descartados, futuramente, por exame laboratorial ou testes rápidos.

Nesta edição, quatro municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim. São eles: Apuí, Itamarati, Itapiranga e Jutaí.

Municípios – Dos 86.944 casos confirmados no Amazonas até esta quarta-feira (15/07), 31.268 são de Manaus (35,96%) e 55.676 do interior do estado (64,04%).
Além da capital, 61 municípios têm casos confirmados: Coari (6.159); Manacapuru (3.281); São Gabriel da Cachoeira (3.040); Tefé (3.022); Parintins (2.968); Itacoatiara (1.855); Barcelos (1.644); Tabatinga (1.579); Humaitá (1.551); Presidente Figueiredo (1.512); Benjamin Constant (1.478);  Iranduba (1.428); Autazes (1.104); Maués (1.091); Santo Antônio do Içá (1.081); Alvarães (1.075); Eirunepé (1013); Careiro (1003); Santa Isabel do Rio Negro (907); Tapauá (855); São Paulo de Olivença (792); Lábrea (785); Boca do Acre (726); Barreirinha (725); Fonte Boa (712); Anori (709); Rio Preto da Eva (682); Carauari (650); Atalaia do Norte (641); Nova Olinda do Norte (621); Uarini (602); Guajará (598); Novo Aripuanã (596); Pauini (595); Borba (584); Itapiranga (549); Tonantins (524); Manicoré (516); Urucurituba (509); Beruri (491); Amaturá (472); Itamarati (429); Urucará (428); Anamã (377); Manaquiri (371); São Sebastião do Uatumã (329); Juruá (326); Japurá (320); Jutaí (302); Nhamundá (284); Maraã (274); Boa Vista do Ramos (258); Novo Airão (239); Silves (186); Caapiranga (175); Codajás (173); Canutama (143); Careiro da Várzea (116); Ipixuna (90); Apuí (78) e Envira (52).

Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.922 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus.

No interior, são 55 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 1.158. A lista inclui Manacapuru (131); Coari (95); Parintins (92); Tefé (81); Tabatinga (75); Itacoatiara (58); São Gabriel da Cachoeira (48); Iranduba (46); Humaitá (40); Autazes (32); Maués (31); Benjamin Constant (28); Barcelos (24); Presidente Figueiredo (20); Nova Olinda do Norte (20); Santo Antônio do Içá (20); Borba (20); São Paulo de Olivença (19); Fonte Boa (17); Jutaí (15); Tonantins (14); Careiro (14); Lábrea (14); Rio Preto da Eva (14); Alvarães (13); Manaquiri (12); Anori (11); Boca do Acre (11); Manicoré (10); Santa Isabel do Rio Negro (10); Novo Aripuanã (10); Amaturá (8); Uarini (8); Barreirinha (8); Beruri (7); Carauari (7); Itapiranga (6); Novo Airão (6); Urucará (6); Nhamundá (5); Tapauá (5); Silves (4); Careiro da Várzea (4); Caapiranga (4); Pauini (4); Atalaia do Norte (4); Urucurituba (4); Juruá (4); Maraã (4); Codajás (3); Itamarati (3); Guajará (3); Boa Vista do Ramos (2); Japurá (1) e São Sebastião do Uatumã (1).

Outros 48 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão sendo acompanhados. Dentre estes, 38 estão em investigação epidemiológica e 10 aguardam resultado laboratorial. Ao todo, 492  foram descartados para o novo coronavírus. Informações podem ser encontradas nos sites http://www.coronavirus.amazonas.am.gov.br e http://www.saude.am.gov.br/painel/corona.

Mais informações para a imprensa: Assessoria de Comunicação da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS): Maíra Pessoa Fragoso (3182-8523 e 98403-8627) e Girlene Medeiros (98103-6963).

Xxxxxxxxxxxxxxxx

Amazonas registra 77.394 pessoas recuperadas da Covid-19 no AM, nesta terça-feira (21/07)

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) divulga, nesta terça-feira (21/07), a edição nº 111 do Boletim Diário Covid-19 no Amazonas. Nesta edição, o boletim confirma a recuperação de mais 670 amazonenses, nas últimas 24 horas, chegando a 77.394 pessoas que passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença.

Nesta edição, o Amazonas tem a confirmação de mais 775 casos da doença. Destes, 14 casos foram confirmados por exame de biologia molecular RT-PCR, que identifica o vírus no organismo e detecta casos novos agudos entre o terceiro e o sexto dia de sintomas, período de transmissão da doença. Os outros 761 foram confirmados por testes rápidos que detectam os anticorpos, com data de oito a 60 dias ou mais das primeiras manifestações da Covid-19.

Conforme o boletim, foram confirmados mais 23 óbitos pela doença, dos quais oito ocorreram nas últimas 24 horas e 15 tiveram confirmação diagnóstica na data de hoje, elevando para 3.169 o total de mortes. Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus desta segunda-feira (20/07), foram registrados 32 sepultamentos e cinco óbitos domiciliares.

O boletim aponta ainda que 11.601 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, ou seja, são casos confirmados nos últimos 14 dias, que se encontram internados ou em isolamento domiciliar.

Internações – Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 254 pacientes internados, sendo 174 em leitos clínicos (10 na rede privada e 164 na rede pública) e 80 em UTI (15 na rede privada e 65 na rede pública).

Há ainda outros 94 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 68 estão em leitos clínicos (31 na rede privada e 37 na rede pública) e 26 estão em UTI (15 na rede privada e 11 na rede pública).

Ocupação de leitos – Conforme os números consolidados pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), nesta segunda (20/07), a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era de 47%, e a taxa de UTI não Covid era de 78%. Em relação aos leitos clínicos Covid, a taxa de ocupação estava em 49% nesta segunda; já os leitos não Covid registravam 78% de ocupação.

Notificação – A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas: e-SUS Notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), até às 10h de cada dia. Em Manaus, foram notificados 91.572 casos, enquanto no interior do estado o número chega a 119.489.

As notificações são realizadas pelas vigilâncias epidemiológicas dos municípios, por meio de sistema de informação de saúde, e repassadas para a FVS-AM, que consolida os dados. Os casos notificados são confirmados ou descartados, futuramente, por exame laboratorial ou testes rápidos.

Nesta edição, nove municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim. São eles: Alvarães, Apuí, Carauari, Eirunepé, Jutaí, Manicoré, Maués, Pauini e Tonantins.

Municípios – Dos 92.164 casos confirmados no Amazonas até esta terça-feira (21/07), 32.443 são de Manaus (35,20%) e 59.721 do interior do estado (64,80%).
Além da capital, 61 municípios têm casos confirmados: Coari (6.663); Manacapuru (3.305); São Gabriel da Cachoeira (3.146); Parintins (3.139); Tefé (3.090); Barcelos (1.990); Itacoatiara (1.909); Humaitá (1.890); Presidente Figueiredo (1.691); Tabatinga (1.615);  Iranduba (1.519); Benjamin Constant (1.508); Santa Isabel do Rio Negro (1.151); Maués (1.137); Autazes (1.126); Eirunepé (1.103); Alvarães (1.100); Santo Antônio do Içá (1.081); Careiro (1.047); Lábrea (940); Tapauá (885); São Paulo de Olivença (828); Boca do Acre (786); Pauini (752);  Barreirinha (741); Carauari (731); Fonte Boa (720); Anori (709); Rio Preto da Eva (700); Guajará (683); Nova Olinda do Norte (664); Manicoré (654); Atalaia do Norte (654); Borba (629); Novo Aripuanã (625);  Uarini (612); Itapiranga (553); Urucurituba (534); Tonantins (529); Beruri (510); Amaturá (485); Itamarati (468); Urucará (437); Nhamundá (435);  Anamã (398); Manaquiri (376); São Sebastião do Uatumã (371); Juruá (357); Japurá (340); Maraã (325);  Jutaí (302); Boa Vista do Ramos (272); Novo Airão (240); Caapiranga (213); Ipixuna (213); Silves (198); Codajás (177); Canutama (172); Careiro da Várzea (121); Apuí (98) e Envira (74).

Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.964 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus.

No interior, são 56 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 1.205. A lista inclui Manacapuru (134); Parintins (98); Coari (95); Tefé (81); Tabatinga (77); Itacoatiara (60); São Gabriel da Cachoeira (48); Humaitá (47); Iranduba (46); Benjamin Constant (35);  Autazes (34); Maués (32); Barcelos (24); Nova Olinda do Norte (22); Presidente Figueiredo (20); Santo Antônio do Içá (20); Borba (20); São Paulo de Olivença (19); Fonte Boa (18); Lábrea (16); Jutaí (16); Tonantins (14); Careiro (16); Rio Preto da Eva (14); Alvarães (13); Manaquiri (12); Manicoré (12); Anori (11); Boca do Acre (11); Santa Isabel do Rio Negro (11); Novo Aripuanã (10); Uarini (9); Amaturá (8); Barreirinha (8); Beruri (7); Carauari (7); Itapiranga (6); Novo Airão (6); Urucará (6); Nhamundá (5); Tapauá (5); Juruá (5); Guajará (5); Silves (4); Careiro da Várzea (4); Caapiranga (4); Pauini (4); Atalaia do Norte (4); Urucurituba (4); Maraã (4); Itamarati (4); Codajás (3); Boa Vista do Ramos (2); Eirunepé (2); Guajará (5); Japurá (1). Permanecem sem óbitos registrados: Anamã, Apuí, Canutama, Ipixuna e Envira.

Outros 43 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão sendo acompanhados. Dentre estes, 38 estão em investigação epidemiológica e cinco aguardam resultado laboratorial. Ao todo, 499 foram descartados para o novo coronavírus. Informações podem ser encontradas nos sites http://www.coronavirus.amazonas.am.gov.br e http://www.saude.am.gov.br/painel/corona.

Mais informações para a imprensa: Assessoria de Comunicação da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS): Maíra Pessoa Fragoso (3182-8523 e 98403-8627) e Girlene Medeiros (98103-6963).

Municípios – Dos 70.823 casos confirmados no Amazonas até esta terça-feira (30/06), 27.169 são de Manaus (38,36%) e 43.654 do interior do estado (61,64%).

Além da capital, 60 municípios têm casos confirmados: Coari (3.767); Manacapuru (3.134); Tefé (2.784); São Gabriel da Cachoeira (2.703); Parintins (2.550); Itacoatiara (1.478); Benjamin Constant (1.458); Tabatinga (1.417); Iranduba (1.224); Presidente Figueiredo (1069); Santo Antônio do Içá (1000); Maués (987); Autazes (965); Alvarães (964); Careiro Castanho (922); Barcelos (907); Humaitá (767); Tapauá (677); Rio Preto da Eva (651); São Paulo de Olivença (651); Boca do Acre (627); Barreirinha (613); Anori (566); Fonte Boa (564); Lábrea (519); Itapiranga (514); Carauari (513); Uarini (509); Atalaia do Norte (509); Nova Olinda do Norte (496); Pauini (474); Eirunepé (466); Tonantins (463); Borba (446); Beruri (431); Guajará (430); Amaturá (415); Novo Aripuanã (410); Urucurituba (401); Urucará (364); Itamarati (329); Santa Isabel do Rio Negro (299); Anamã (292); Japurá (269); Manaquiri (266); Jutaí (260); Juruá (230); São Sebastião do Uatumã (230); Manicoré (218); Novo Airão (215); Boa Vista do Ramos (214); Maraã (205); Silves (161); Nhamundá (153); Caapiranga (148); Codajás (147); Canutama (89); Careiro da Várzea (78); Apuí (42) e Ipixuna (4).

Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.790 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus.

No interior, são 55 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 1.033. A lista inclui Manacapuru (125); Coari (84); Tefé (79); Parintins (78); Tabatinga (74); Itacoatiara (53); São Gabriel da Cachoeira (44); Iranduba (41); Maués (31); Autazes (27); Benjamin Constant (27); Barcelos (22); Presidente Figueiredo (20); Nova Olinda do Norte (20); Santo Antônio do Içá (19); São Paulo de Olivença (18); Humaitá (18); Borba (18); Fonte Boa (16); Tonantins (14); Jutaí (14); Careiro Castanho (13), Rio Preto da Eva (13), Alvarães (13); Manaquiri (12); Anori (10); Boca do Acre (10); Novo Aripuanã (9); Amaturá (8); Barreirinha (7); Lábrea (7); Beruri (6); Carauari (6); Uarini (6); Itapiranga (6); Novo Airão (6); Nhamundá (5); Urucará (5); Santa Isabel do Rio Negro (5); Silves (4); Careiro da Várzea (4); Manicoré (4); Caapiranga (4); Urucurituba (4); Tapauá (3); Codajás (3); Maraã (3); Pauini (3); Atalaia do Norte (2); Boa Vista do Ramos (2); Itamarati (2); Guajará (1); Japurá (1); São Sebastião do Uatumã (1).

Outros 108 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão sendo acompanhados. Dentre estes, 89 estão em investigação epidemiológica, e 19 aguardando resultado laboratorial. Ao todo, 434 notificações foram descartadas para o novo coronavírus.

Igreja perde o uso exclusivo da marca “Deus é Amor”

Igreja perde o uso exclusivo da marca “Deus é Amor”

A ação foi movida depois que um antigo pastor da Deus é Amor, Reginaldo Gaudêncio, fundou a Igreja Pentecostal Deus é Amor Renovada Ministério de São Paulo, em fevereiro de 2019. A igreja alegou que Gaudência pretendia confundir os fiéis e atrai-los para sua nova congregação.

Fundada no dia 3 de junho de 1962, pelo missionária David Miranda, a Igreja Pentecostal Deus é Amor tem mais de 22 mil templos espalhados pelo Brasil e filiais em 136 países. Além da proibição da marca, registrada no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual em 2002, a igreja exigia uma indenização de R$ 50 mil.

Terror em Fonte Boa no Amazonas

Homem é retirado da delegacia, morto a pauladas e pedradas, depois teve o corpo esquartejado e queimado em fogueira feita na frente da delegacia.

O crime foi cometido por populares, revoltados com a morte de uma menina de 11 anos que foi asfixiada e estuprada pelo homem. Ele teria contado o crime para a mulher dele que revelou o fato para parentes da menina.

Imagens forte!

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora