Começa em setembro saques do FGTS

Os saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) vão começar no dia 13 de setembro. Essa é a data em que trabalhadores nascidos entre janeiro e abril poderão pegar uma parcela de até 500 reais de suas contas ativas e inativas. O calendário foi liberado nesta segunda-feira, 5. A medida faz parte da flexibilização das regras do Fundo de Garantia, anunciado pelo governo na semana passada. Os primeiros a receber são os trabalhadores que têm conta poupança no banco.

O calendário do saque imediato, como a modalidade é chamada pelo Ministério da Economia e Caixa Econômica Federal, segue até março do ano que vem. Para os trabalhadores que não tem poupança na Caixa, o saque começa em 18 de outubro para os nascidos em janeiro. O trabalhador não precisa sacar o dinheiro imediatamente no momento da liberação. O dinheiro estará disponível para movimentação até o dia 31 de março de 2020.
Os saques irão liberar uma cota de até 500 reais de contas ativas — de contratos de trabalho que estão vigentes — e inativas para os trabalhadores. Caso a pessoa tenha menos que esse valor na conta, pode sacar integralmente. O limite é por conta. Ou seja, se o trabalhador tiver duas contas, por exemplo, poderá sacar até 1.000 reais, sendo 500 reais de cada.

Saiba como sacar os R$ 500 do FGTS

Quem tiver até R$ 100 para receber pode tirar o dinheiro em lotéricas com o RG e CPF; em outros casos, precisará procurar a Caixa ou caixas eletrônicos

Trabalhador pode consultar seu saldo do FGTS pelo site da caixa ou por aplicativos (Marcelo Camargo/Agência Brasil/Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira, 5, o calendário para o saque de até 500 reais de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Para quem tem conta poupança na Caixa, o valor ficará disponível a partir de 13 de setembro. Já para os trabalhadores que não possuem vínculo com o banco, a data inicial será 18 de outubro.
Para os correntistas, cerca de 33 milhões de pessoas, o dinheiro será disponibilizado automaticamente na conta. Já os outros trabalhadores podem fazer o saque em agências da Caixa Econômica. Quem tiver Cartão Cidadão e senha cadastrada consegue tirar o dinheiro em caixas eletrônicos e em casas lotéricas. Cotista com 100 reais ou menos em suas contas podem pegar o dinheiro em casas lotéricas, apenas com a apresentação de carteira de identidade e número do CPF.
O Cartão Cidadão é o mesmo usado para o recebimento de seguro-desemprego ou abono do PIS. O cadastro da senha do cidadão pode ser feita nas agências da Caixa ou casas lotéricas, com a apresentação de CPF, carteira de trabalho e RG.

Publicado por Conect News AM

Professores licenciado em matemática, especialista em mídias para a educação e gestão escolar. Trabalha como repórter da Grupo Rede Amazônica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: